sexta-feira, 21 de março de 2008

Desaparecidas - Tess Gerritsen

"O meu nome é Mila e esta é a minha viagem."

Assim começa o novo título da escritora Tess Gerritsen, publicado pelo Círculo de Leitores.

A detective Jane Rizzoli, está prestes a dar à luz, e encontra-se sozinha, numa sala da Unidade de Imagiologia de Diagnóstico do Hospital de Boston. Do outro lado da rua, no Instituto de Medicina Legal, Maura Isles vive uma experiência única - após um dia de muito trabalho, ao abandonar a sala de autópsias, julga ouvir um barulho. Escuta, e tem a certeza! Há um barulho na sala, que vem das... gavetas?! Não pode ser. Maura puxa as gavetas e observa o interior das duas primeiras. Apenas dois cadáveres. Mas ao abrir o terceiro saco... O cadáver da mulher, sem nome, abre os olhos...

Assim começa a história narrada em "Desaparecidas". Fria, intensa, chocante,...

A detective Jane Rizzoli, sequestrada no hospital por uma mulher que estivera morta, é o motivo principal para que o seu marido, o agente do FBI Gabiel Dean, queira colocar um fim à situação sem correr o menor risco. Afinal a sua mulher entrou naquele hospital para trazer ao mundo a primeira filha de ambos.

Uma teia de conspiração, ambivalência, sentimentos e procura da verdade. Uma história sobre as redes de tráfico e exploração sexual de jovens e crianças da Europa de Leste, onde quem as devia proteger, parece fazer parte do jogo sujo.


Mais sobre a autora e os seus livros:





2 comentários:

fer vulcanis disse...

Sem comentários, o livro é bom do começo ao fim. Quem ler, certamente não vai se arrepender dessa tragica e ao mesmo tempo temida história.

fernanda disse...

Esse livro é simplesmente incrível. É aquele tipo de leitura que te prende e te faz não ter vontade de parar de ler.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin