sexta-feira, 26 de junho de 2009

"Sem Sangue" - Alessandro Baricco

SINOPSE

"Quando os seus inimigos finalmente o encontram, Manuel Roca obriga Nina, a sua filha pequena, a meter-se num esconderijo debaixo de um alçapão na despensa, a partir do qual testemunhará o assassinato do seu pai e do seu irmão. Após a matança, Tito, um dos assassinos, encontra o esconderijo de Nina, mas, apiedado da inocência da criança, não diz nada aos seus cúmplices. Décadas mais tarde, Nina é uma intrigante mulher que passeia pela rua quando encontra um já idoso Tito a vender lotaria. Este encontro revelará até que ponto a traumática experiência da sua infância marcou ambas as personagens, e se serão alguma vez capazes de a superar."


Um livro pequeno, que seria apenas de meia dúzia de páginas não fosse o enorme tamanho da letra.

Não irei falar da história, pois isso era contá-la.

Quanto à leitura deste livro, não foi boa nem má, foi uma leitura que quando terminou, terminou. Não deixou nada das suas personagens em mim. É pena, pois considero a escrita do autor muito agradável. No entanto a história, que mais se assemelha a um conto, de tão pequena que é, parece uma história inacabada, um capítulo de uma história maior. Pensando bem, fico com a sensação de que este livro é um epílogo (um pouco extenso) de uma verdadeira história que não foi escrita.

1 comentário:

CatarinaGarcia disse...

Também senti o mesmo em relação ao livro. Não é mau, mas se fosse hoje não o tinha comprado.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin