sábado, 8 de setembro de 2007

DALAI-LAMA EM PORTUGAL

ESTOU INDIGNADA!!!

Mais uma vez o nosso país me desilude- já devia estar habituada, mas parece que não estou.

Como é do conhecimento de todos, e já publicitei aqui, o Dalai-Lama vem a Portugal para a semana, para um círculo de conferências budistas e espirituais. Para mim é, ou devia ser, um motivo de orgulho ter no meu país o líder espiritual que admiro. Então o que é que me indigna? A hipocrisia dos nossos dirigentes políticos, a falta de coragem da classe política que nos governa e que escolhemos como nossos representantes.

Hoje ouvi o nosso Ministro dos Negócios Estrangeiros dizer que o Dalai-Lama não será recebido oficialmente "como é óbvio". Óbvio para quem? Para a hipocrisia política, para o poder económico, que tudo colocam acima do direito à liberdade. Os tibetanos foram obrigados ao exílio após a invasão chinesa, o Dalai-Lama, líder político e espiritual do seu país - o Tibete - teve de se exilar na Índia para poder professar a filosofia de vida que é o budismo e poder lutar pelo direito à independência do território livre que foi ocupado, violado e profanado no seu íntimo.

O "óbvio" do nosso ministro para mim traduz-se em cobardia - já vi terroristas sob a capa de líderes políticos, serem recebidos no nosso país com honras de estado, e pela segunda vez, o líder espiritual budista, vem ao nosso país e não é recebido oficialmente!!! Acima de tudo, o Dalai-Lama é um líder espiritual que luta pelo seu povo e pela sua independência e não um líder político a chafurdar na hipocrisia do poder e dos interesses.

Não é recebido oficialmente, mas é recebido nos nossos corações com todo o amor, paz e compaixão. Para ele é o suficiente.

Ainda estou à espera de ver uma mobilização pública pela independência do Tibete, e ver as organizações defensoras dos direitos do Homem, as associações humanitárias e afins acordarem para o problema tibetano.

BEM VINDO DALAI-LAMA







"Só existem dois dias no ano em que nada pode ser feito.

Um chama-se Ontem e o outro chama-se Amanhã.

Portanto, Hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e, principalmente, viver"

(Dalai-Lama)

3 comentários:

bruxinha-2006 disse...

é bem verdade isso que falas infelizmente,uma das canções que se pode aplicar a isso seria mesmo a Estupidez :s

aLqUimISta disse...

Existem mulheres com tomates. Soube-se hoje que a chanceler alemã, Angela Merkel, recebe o Dalai Lama, a 23 de Setembro, em Berlim, em mais um sinal do seu empenho em levantar questões de direitos humanos com a China...

Homem do Leme disse...

Pois... parece é que em Portugal alguns homens não os têm, apesar das agendas preenchidas...

Mas este é mais um sinal que ainda existem PESSOAS que não se vergam aos interesses politico-económicos em deterimento dos direitos humanos. Bem-hajam!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin