segunda-feira, 25 de abril de 2011

"Assassinos Escondidos" - Robert Wilson

Título: Assassinos Escondidos
Autor: Robert Wilson
Tradução: Certas Palavras, Lda.
Editora: Dom Quixote
Páginas: 417

Sinopse:

"Enquanto o inspector Javier Falcón investiga um cadáver mutilado e sem rosto, horrendo, encontrado numa lixeira municipal, a encantadora cidade de Sevilha é abalada por uma explosão enorme, que tem efeitos devastadores num prédio de apartamentos e também num jardim de infância vizinho. Descobre-se, depois, que na cave do prédio existia uma mesquita, e claro que todos se sentem apavorados com a ideia de uma ameaça terrorista.

O calor denso do Verão sevilhano está no seu auge. O terror invade a vida quotidiana, mas, numa cidade em alerta vermelho, Falcón percebe que nem tudo é o que parece. E, quando sabe que lhe falta muito pouco para resolver aquele caso, é confrontado com uma descoberta realmente assustadora.

É que talvez não vá a tempo de evitar uma catástrofe gigante, que ultrapassa as fronteiras de Espanha."

Opinião:

Estou, decididamente , fã de Robert Wilson!!! A sua escrita é absorvente, contagiante e as suas personagens tão reais que podem ser qualquer pessoa com quem nos cruzamos na rua ou nos transportes.

"Assassinos Escondidos" tem por base o terrorismo e os medos dos espanhóis após o 11 de Março.  

Javier Falcón, inspector da Brigada de Homicídios, investiga o assassínio de um homem, encontrado numa lixeira, sem mãos, com o rosto desfigurado por ácido e sem escalpe. A causa da morte parece ter sido envenenamento por cianeto. Mas o mais estranho é que parece ter existido algum respeito pelo corpo, que foi envolto numa espécie de sudário. Mas, durante esta investigação, Sevilha é abalada por uma forte explosão. Um bloco de apartamentos é devastado e um jardim infantil afectado pela explosão. Morreram crianças, mulheres, pessoas que passavam na rua, homens que estava a sair de casa para o trabalho,... 

As dúvidas sobre a origem da explosão depressa de desfazem, quando se torna conhecida a existência de uma mesquita na cave de um dos prédios afectados. Aliás, esse prédio foi o epicentro da explosão. Daqui em diante, os investigadores vêm-se envolvidos numa investigação sem precedentes. Brigada de Homicídios, Anti-Terrorismo, Serviços de Informação, Secretas, o partido político Fuerza Andalucía, todos estão envolvidos, e alguns talvez estejam demasiado envolvidos. 

Enquanto a investigação se desenvolve, Falcón tem ainda de lidar com o seu passado, e com a morte da sua ex-mulher, vítima de maus tratos infligidos pelo seu actual companheiro, que é o juiz que se encontra à frente de toda a investigação.

Numa história em que tudo se interliga, a realidade nem sempre é o que nos parece mais óbvio.

Prós: A escrita, a história as personagens, que nos prendem desde o início e se desenvolvem de forma que nos parece estar a acontecer ao nosso lado.

Contras: Talvez o final, que surge de forma um pouco abrupta.

3 comentários:

Ricardo disse...

Olá!
Fico mto contente por seres fâ de um autor que... arrisco dizer, que fui eu que te apresentei?...

Está tudo bem?

Nunca mais disseste nada, por isso deixo aqui um grande abraço!

Ricardo

Homem do Leme disse...

Olá Ricardo,
eu sei que estou em dívida para contigo,e desde já peço desculpa, mas tenho estado mesmo muito ocupada. Em breve prometo que dou notícias.

E é bem verdade, tu és o culpado de eu gostar de Robert Wilson :)

Um abraço!

Filoxera disse...

Gostei de conhecer este blogue. Não encontrei o espaço para comentários no post anterior...
Voltarei.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin