terça-feira, 17 de agosto de 2010

"A Morte Chama-te" - Karen Rose

Título: A Morte Chama-te
Autor: Karen Rose
Tradutora: Ana Isabel Silveira
Editora: Círculo de Leitores
Edição: Maio 2009
Páginas: 462

Sinopse:

"O terror modificou para sempre a vida da psiquiatra Tess Ciccotelli. Alguém anda a artomentar os seus pacientes, levando-os a cometer siucídio, e a incriminá-la. Porém,  Tess temde proteger a privacidade dos seus doentes a todo o custo, mesmo quando o detective Aidan Reagan lhe exige a lista de todos os que estão a fazer tratamento, ou ainda que o perigo ameace a sua própria vida. Aidan não consegue esconder a sua admiração pela dedicação de Tess, especialmente quand se torna evidente uque um inimigo sem rosto nem nome está determinado a destruir a carreira, a família e a própria vida da psiquiatra. À medida que a atitude de Aidan se suaviza, a do assassino endurece, e aperta a teia que teceu em volta de Tess."



Opinião:

Mais um policial de Karen Rose, este com bastante romance à mistura, o que não me fez prender tanto como o anterior. A história é interessante e com contornos que me agradaram: a manipulação e o jogo psicológico usado pelo assassino são o ponto forte da história.

O que menos me agradou foi o papel da psiquiatra, tão boazinha e sempre a pensar em proteger os seus doentes mesmo quando a sua vida é posta à prova. A ingenuidade sempre me pareceu falsa.  Também a relação entre Tess e Aidan me pareceu um pouco forçada, como se a autora tivessee de ter sempre um romance nos livros. A meu ver, quebrou a tensão cruel da história com um amor tão cor de rosa!

Mas foi uma leitura agradável e com um assassino inesperado.



Prós: O enredo e a forma como as personagens são exploradas nos seus medos e fantasmas.

Contras: O lado mais romântico da história ocupa páginas demais e dá um toque cor de rosa a uma história que eu gostaria que tivesse sido menos romântica.

3 comentários:

Catherine disse...

gostei de passar por aqui! ;)

podes sempre devolver a visita:

http://chovemlivros.blogspot.com/

Catherine

Margarida Fernandes disse...

Boas melhoras.

Bom regresso.

Um abraço

Homem do Leme disse...

Catherine,

obrigada pela visita!

Margarida,

obrigada. A recuperação vai-se fazendo, às vezes dando um passo atrás, mas o importante é que se recupera. Um dia de cada vez!

Obrigada

Um abraço!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin